Wagner anuncia que assume metrô de Salvador

Após reunião com o prefeito da capital, ACM Neto, governador da Bahia anunciou, primeiramente pelo Twitter, que "o Governo do Estado assume o sistema de metrô, há mais de 12 anos sem solução sob a gestão municipal", no mesmo dia em que a presidente Dilma Rousseff inaugura a Arena Fonte Nova; petista escreveu ainda que assume "o compromisso de botar para funcionar o sistema e livrar Salvador do seu principal gargalo de trânsito"

Wagner anuncia que assume metrô de Salvador
Wagner anuncia que assume metrô de Salvador
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 – Está concluído o primeiro capítulo da novela que envolve o metrô de Salvador, em construção há 14 anos na capital. Após reunião com o prefeito ACM Neto (DEM), na manhã desta sexta-feira, o governador Jaques Wagner (PT) anunciou, pelo Twitter, que o governo da Bahia assume o sistema, além do compromisso de fazê-lo funcionar.

"No dia de entrega da nossa Fonte Nova, o Governo do Estado assume o sistema de metrô, há mais de 12 anos sem solução sob a gestão municipal", escreveu Wagner em sua conta no microblog, em referência à inauguração do estádio da Copa do Mundo na capital, com a presença da presidente Dilma Rousseff.

O petista noticiou ainda que o "bem-sucedido modelo de PPP adotado na construção da Arena será implementado para o metrô, para garantir eficiência e rapidez à obra". E em seguida assumiu "o compromisso de botar para funcionar o sistema e livrar Salvador do seu principal gargalo de trânsito". A reunião com ACM Neto aconteceu às 8h na Governadoria.

Agora está resolvido ao menos o primeiro imbróglio em referência ao meio de transporte – que era a transferência do comando do metrô do município para o Estado. Para fazer funcionar os trens, como já afirmamos, são outros quinhentos. O episódio já estava ameaçando a histórica boa relação de Wagner com o prefeito democrata. O único tema que fez a dupla se desentender foi o metrô.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email