Wagner: maior erro foi aliança com vice “traidor e usurpador”

Em seu perfil no Twitter, o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner afirmou nesta terça-feira, 28, que é necessário reconhecer que o governo da presidente eleita Dilma Rousseff cometeu erros, tanto na economia, quanto na condução da política; "Nenhum desses erros, no entanto, foi maior do que o de ter feito aliança com o grupo político que se encontra no poder", disse Wagner; "Quando firmamos a aliança com o PMDB, jamais imaginávamos que estaríamos nos unindo a um vice traidor e usurpador"

Em seu perfil no Twitter, o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner afirmou nesta terça-feira, 28, que é necessário reconhecer que o governo da presidente eleita Dilma Rousseff cometeu erros, tanto na economia, quanto na condução da política; "Nenhum desses erros, no entanto, foi maior do que o de ter feito aliança com o grupo político que se encontra no poder", disse Wagner; "Quando firmamos a aliança com o PMDB, jamais imaginávamos que estaríamos nos unindo a um vice traidor e usurpador"
Em seu perfil no Twitter, o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner afirmou nesta terça-feira, 28, que é necessário reconhecer que o governo da presidente eleita Dilma Rousseff cometeu erros, tanto na economia, quanto na condução da política; "Nenhum desses erros, no entanto, foi maior do que o de ter feito aliança com o grupo político que se encontra no poder", disse Wagner; "Quando firmamos a aliança com o PMDB, jamais imaginávamos que estaríamos nos unindo a um vice traidor e usurpador" (Foto: Aquiles Lins)

Bahia 247 - O ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner afirmou nesta terça-feira, 28, que é necessário reconhecer que o governo da presidente eleita Dilma Rousseff cometeu erros, tanto na economia, quanto na condução da política. 

Ele classificou como o maior erro de todos, entretanto, a aliança firmada com o PMDB. "Nenhum desses erros, no entanto, foi maior do que o de ter feito aliança com o grupo político que se encontra no poder. Quando firmamos a aliança com o PMDB, jamais imaginávamos que estaríamos nos unindo a um vice traidor e usurpador", disse Wagner em seu perfil no Twitter. 

O ex-ministro disse também que "jamais poderíamos imaginar que estaríamos nos aliando a um grupo que se revelou o que há de mais conservador na política brasileira."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247