Walter Ohofugi confirma pré-candidatura à OAB

O advogado Walter Ohofugi desartou nesta segunda-feira, 10, desistir de sua pré-candidatura à presidência da seccional tocantinense da Ordem dos Advogados do Brasil; durante entrevista à CBN Tocantins, Ohofugi disse que, sob o comando de Epitácio Brandão, a OAB "perdeu seu papel histórico" na defesa dos interesses da sociedade tocantinense; "Hoje a OAB não é consultada em nenhuma questão, não opina em nada e não participa dos temas que impactam a população", ressaltou; além dele, também são pré-candidatos à presidência da OAB no Tocantins os advogados Gedeon Pitaluga, Ercílio Bezerra e Ester Nogueira, esta última apoiada pelo atual presidente Epitácio Brandão; eleições devem acontecer em novembro

O advogado Walter Ohofugi desartou nesta segunda-feira, 10, desistir de sua pré-candidatura à presidência da seccional tocantinense da Ordem dos Advogados do Brasil; durante entrevista à CBN Tocantins, Ohofugi disse que, sob o comando de Epitácio Brandão, a OAB "perdeu seu papel histórico" na defesa dos interesses da sociedade tocantinense; "Hoje a OAB não é consultada em nenhuma questão, não opina em nada e não participa dos temas que impactam a população", ressaltou; além dele, também são pré-candidatos à presidência da OAB no Tocantins os advogados Gedeon Pitaluga, Ercílio Bezerra e Ester Nogueira, esta última apoiada pelo atual presidente Epitácio Brandão; eleições devem acontecer em novembro
O advogado Walter Ohofugi desartou nesta segunda-feira, 10, desistir de sua pré-candidatura à presidência da seccional tocantinense da Ordem dos Advogados do Brasil; durante entrevista à CBN Tocantins, Ohofugi disse que, sob o comando de Epitácio Brandão, a OAB "perdeu seu papel histórico" na defesa dos interesses da sociedade tocantinense; "Hoje a OAB não é consultada em nenhuma questão, não opina em nada e não participa dos temas que impactam a população", ressaltou; além dele, também são pré-candidatos à presidência da OAB no Tocantins os advogados Gedeon Pitaluga, Ercílio Bezerra e Ester Nogueira, esta última apoiada pelo atual presidente Epitácio Brandão; eleições devem acontecer em novembro (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O advogado Walter Ohofugi, 49 anos, confirmou a sua pré-candidatura a presidente da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) durante entrevista ao advogado Dídimo Heleno, na CBN Tocantins.

Segundo o advogado, sob o comando de Epitácio Brandão, a OAB "perdeu seu papel histórico" na defesa dos interesses da sociedade tocantinense. "Hoje a OAB não é consultada em nenhuma questão, não opina em nada e não participa dos temas que impactam a população", ressaltou Ohofugi.

Para Ohofugi, a OAB tem condições de voltar a ser protagonista, com um papel de independência. "A Defensoria Pública tem feito isso magnificamente bem. Você vê problemas de saúde, problemas de concurso público e a Defensoria está lá. Onde está a nossa OAB? Está em lugar algum", destacou o pré-candidato.

Ohofugi também descartou qualquer aliança com as outras três pré-candidaturas colocadas até agora na eleição. "Quero mandar uma mensagem para os simpatizantes do movimento que nós não vamos compor. Poderão ter certeza que em novembro terão a opção de um grupo de oposição de verdade. Um grupo para mudar radicalmente toda essa história que está aí", declarou.

Além de Walter Ohofugi, também são pré-candidatos à presidência da OAB no Tocantins os advogados Gedeon Pitaluga, Ercílio Bezerra e Ester Nogueira, esta última apoiada pelo atual presidente Epitácio Brandão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email