Zé Nelto detona Friboi: "Marconi ganha fácil"

Aliado histórico do ex-prefeito diz que empresário humilha Iris Rezende, o único, segundo ele, capaz de derrotar Perillo; "Aquele que acha que compra tudo tem passagem rápida na política", dispara; sobrou até para os membros do seu partido, o PMDB: "Se o Ivan Ornelas tivesse cheiro de dinheiro, estava todo mundo bajulando ele"; cassado em 2010 acusado de compra de votos em 2006, Nelto diz ter feito consulta ao TSE e que está pronto para tentar voltar à Assembleia Legislativa

Aliado histórico do ex-prefeito diz que empresário humilha Iris Rezende, o único, segundo ele, capaz de derrotar Perillo; "Aquele que acha que compra tudo tem passagem rápida na política", dispara; sobrou até para os membros do seu partido, o PMDB: "Se o Ivan Ornelas tivesse cheiro de dinheiro, estava todo mundo bajulando ele"; cassado em 2010 acusado de compra de votos em 2006, Nelto diz ter feito consulta ao TSE e que está pronto para tentar voltar à Assembleia Legislativa
Aliado histórico do ex-prefeito diz que empresário humilha Iris Rezende, o único, segundo ele, capaz de derrotar Perillo; "Aquele que acha que compra tudo tem passagem rápida na política", dispara; sobrou até para os membros do seu partido, o PMDB: "Se o Ivan Ornelas tivesse cheiro de dinheiro, estava todo mundo bajulando ele"; cassado em 2010 acusado de compra de votos em 2006, Nelto diz ter feito consulta ao TSE e que está pronto para tentar voltar à Assembleia Legislativa (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O PMDB até tenta vender a imagem de que o consenso reina no partido, mas as entrevistas revelam crises e conflitos. O ex-deputado estadual José Nelto, que é aliado histórico de Iris Rezende, concedeu uma entrevista explosiva ao programa Falando Francamente da Rádio Mil FM, nesta quarta-feira.

José Nelto, que vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, detonou o empresário Júnior Friboi e disse que Iris está sendo humilhado dentro do PMDB. "Sou muito sincero, não tenho dúvida de que com Friboi, Marconi ganha fácil. Você só ganha se você somar. Um politiqueiro acaba, aquele que acha que compra tudo, esse tem passagem rápida na política", disparou o peemedebista.

A todo momento, Nelto diz que só o dinheiro de Friboi não vai levar o partido a lugar algum, pelo contrário. Segundo ele, com a candidatura do empresário, o partido já sai derrotado nas eleições. O ex-deputado defende política por ideologia e afirma que Iris é o único no PMDB capaz de enfrentar Marconi Perillo.

"Seria importante que Júnior tivesse um pouco de humildade e reunisse com Iris. Forçar uma candidatura, achar que o dinheiro vai resolver... aí estamos derrotados", avalia. José Nelto ainda diz que Friboi não vai crescer nem um ponto sequer nas pesquisas até março. 

"O PMDB não oficializou a candidatura dele (Júnior Friboi). O partido deu corda. Você dá corda para um peixe. Se o Ivan Ornelas tivesse cheiro de dinheiro, estava todo mundo bajulando ele. Se o Wagner Guimarães tivesse uma catinga de dinheiro, Rio Verde era uma romaria atrás dele”. Ornelas e Wagner são pré-candidatos ao governo pelo partido, mas se sentem escanteados pela legenda.

José Nelto teve o mandato cassado em 2010 acusado de compra de votos na campanha de 2006. Mesmo com histórico de ficha suja, ele diz ter feito uma consulta ao TSE e está pronto para mais um pleito. Revigorado, ele joga mais tinta em Friboi. "Não adianta ter dinheiro para comprar o Pedro, Manoel, Joaquim. Esta candidatura já nasce fracassada. O bom candidato é aquele que aceita as regras do partido. Eu entendo que agora quem tem o poder de aglutinação e combate a Marconi é Iris".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247