AGU vai rever atos da Funai e do Ibama implementados no governo Bolsonaro

O órgão também iniciou o levantamento de ações que tramitam no STF

www.brasil247.com -
(Foto: Agência Senado | GABRIEL PAIVA)


247 - A Advocacia-Geral da União (AGU) vai rever atos internos editados pela Fundação Nacional do Índio (Funai) e pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis  (Ibama) durante o governo Jair Bolsonaro, informa o UOL

O órgão também iniciou o levantamento de ações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) e nas primeiras instâncias que questionam medidas elaboradas pelo último governo envolvendo preservação ambiental e direitos indígenas.

Algumas prioridades serão temas envolvendo saúde indígena e a omissão do governo Bolsonaro em relação ao desmatamento. Os trabalhos serão coordenados pela Procuradoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente, chefiada por Mariana Cirne. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247