CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso Bruno Pereira e Dom Phillips: suspeito volta atrás e diz ter ocultado corpos, mas nega ter efetuado tiros

Amarildo da Costa Oliveira disse que Jeferson da Silva Lima seria o responsável pelo crime contra o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips

Dom Phillips (à esq.) e Bruno Pereira
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como Pelado, prestou depoimento à Polícia Federal nesta segunda-feira (20) e mudou sua versão. Inicialmente, o pescador havia confessado, segundo investigadores, de ter participado dos assassinatos do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o portal Uol, em novas declarações, Amarildo disse que Jeferson da Silva Lima, conhecido como Pelado da Dinha, seria o responsável pelo crime, no dia 5, na Amazônia. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Amarildo admitiu ter jogado os corpos em uma parte da mata do Vale do Javari (AM), esquartejado e ateado fogo. Ele, o seu irmão, Oseney da Costa de Oliveira, e Silva Lima estão presos. A PF identificou outras cinco pessoas que teria participado do crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE