Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande diz que apoia o Pará como sede da COP

"O Pará tem o meu voto", disse o chefe do Executivo capixaba

www.brasil247.com - Renato Casagrande
Renato Casagrande (Foto: Divulgação)


247 - O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), afirmou na noite desta sexta-feira (25) que apoia articulação do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), para o a próxima Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) ocorra em solo paraense. As entrevistas desta matéria foram publicadas nesta sexta-feira (25) pela coluna Painel

"O Pará tem o meu voto", disse Casagrande durante o evento Fórum Esfera Brasil, realizado em São Paulo. "Estou aqui me inscrevendo para participar lá no Pará. Tive a oportunidade de participar [da COP] no ano passado em Glasgow e neste ano no Egito. É um debate importante, e o Helder faz um bom trabalho no Consórcio dos Governadores da Amazônia", afirmou.

>>> Juíza critica militares 'aquartelados' no Javari e determina medidas urgentes após ameaças contra índios

"Todos participantes deste evento, de forma direta ou indireta, dialogam com a nossa região, agenda climática e pauta do meio ambiente. O Brasil precisa ter essa dimensão. Chegou o momento e, mesmo que tardiamente, nós fazermos um chamamento nacional para a discussão das mudanças climáticas e meio ambiente. Precisamos construir uma solução para esse país", continuou Casagrande. 

Na COP27, no Egito, Barbalho pediu ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que articulasse junto à ONU a realização de uma edição da COP na região amazônica do Brasil. Pará e Amazonas são os estados que são candidatos a sediar o evento. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247