Presidente do Chile decreta estado de exceção em região dos protestos dos indígenas mapuche

Com isso, a região ficará sob o controle do chefe da Defesa Nacional designado pelo presidente

Sebastián Piñera
Sebastián Piñera (Foto: Reuters/Rodrigo Garrido)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, decretou nesta terça-feira (12) estado de exceção e militarização de uma região no sul palco de protestos de indígenas da etnia mapuche pela restituição de terras indígenas. 

A medida terá validade de 15 dias nas províncias de Biobío e Arauco, na região de Biobío, e de Malleco e Cautín, em Araucanía, disse o presidente conservador, segundo o Globo. Os prazos podem ser prorrogados.

Com isso, a região ficará sob o controle do chefe da Defesa Nacional designado pelo presidente. Ele será obrigado a reportar ao Congresso Nacional sobre as medidas adotadas. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email