Registros de armas de fogo aumentaram 219% em três anos na Amazônia Legal

Também aumentou a quantidade de mortes por arma de fogo na região, de acordo com um relatório Amazônia no Alvo, do Instituto Igarapé

www.brasil247.com - Amazônia
Amazônia (Foto: PF / Amazônia Real / Fotos Públicas)


247 - O relatório Amazônia no Alvo, do Instituto Igarapé, mostrou que o número de registros de arma de fogo aumentou 219% na Amazônia Legal, entre dezembro de 2018 e novembro de 2021.

A quantidade de mortes por arma de fogo na região subiu 4% entre 2012 e 2020, ao passar de 5.537 para 5.780.

A Amazônia Legal é formada por nove estados: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com 772 cidades, a região ocupa pouco mais de 5 milhões quilômetros quadrados (km²) e representa cerca de 58,9% do território brasileiro, que tem 8,5 milhões de km².

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email