A censura do PT

A base da democracia é a divergência de opiniões. A livre expressão tem de ser um dos alicerces. A democracia pressupõe a existência de imprensa livre e, censurá-la, é o primeiro passe para o totalitarismo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Eu serei claro e direto, porque não faço rodeios. A estratégia de José Dirceu, do ex-presidente Lula e da alta cúpula do PT para 2013 é clara: querem censurar os meios de comunicação. Querem aprovar a chamada Lei de Meios.

A paranoia dos petistas os leva a supor que existe uma “teoria da conspiração”, com o intuito de destruir a imagem de Lula e defenestrar o partido. É um sofisma que utilizam para calar as vozes que se insurgem contra o estilo de governar do partido. O PT parte de algo pontual e casuísta que o incomoda, (a crítica ao partido) para tentar impor uma lei, que é genérica e atinge a todos, e que limita a liberdade de expressão. E querem impor à sociedade, goela abaixo.

Para sustentar sua tese de perseguição, o julgamento do mensalão é desqualificado pelos petistas, como se houvesse sido um julgamento de exceção, com alegações de que a imprensa pressionou o STF, que teria julgado “com a faca no pescoço”, como escreveu José Dirceu em seu blog.

Não foi assim que o julgamento se deu.

Todos os acusados do processo do mensalão tiveram direito à ampla defesa e ao devido processo legal. E, os que foram condenados, o foram não por “pressão da imprensa”, mas porque cometeram crimes e, por tais condutas, foram punidos. O processo foi legal e legítimo.

A Lei de Meios, defendida por José Dirceu e Lula, com suporte de Franklin Martins, (Artigo publicado pelo Brasil247http://www.brasil247.com/+sg72x) nada mais é do que a tentativa de censurar os meios de comunicação. Inspirada na lei que a presidente Cristina Kirchner impôs à Argentina para calar o grupo Clarín, tem o claro intuito de intimidar a imprensa que faz críticas ao PT.

“PIG”, “imprensa golpista”, “golpismo”, são expressões pra lá de panfletárias que os adeptos da “teoria da conspiração” utilizam como combustível para tentar censurar quem discorda de suas opiniões e métodos. 

Mas, felizmente, parece que a presidente Dilma não caiu nessa armadilha e não levará adiante a tentativa de promulgação da pretensa Lei de Meios no Congresso. E Dilma faz muito bem em não meter a mão nessa cumbuca, que é a cumbuca de Lula e José Dirceu, não da Presidente.

A base da democracia é a divergência de opiniões. A livre expressão tem de ser um dos alicerces. A democracia pressupõe a existência de imprensa livre e, censurá-la, é o primeiro passe para o totalitarismo.

Luciano Gil.

BH/MG, 01 de janeiro de 2013.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email