"A classe dominante do Brasil tem medo do comunismo porque tem medo de perder dinheiro", diz Hildegard Angel

À TV 247, a jornalista também falou da imagem do Brasil no exterior: “agora nós somos identificados como Bolsonaro, pela tosquice, pelo jeito rude. Nós fomos reduzidos a isso”. Assista

Hildegard Angel
Hildegard Angel (Foto: Ederson Casartelli)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A jornalista Hildegard Angel, em entrevista à TV 247, afirmou que a burguesia brasileira tem medo do comunismo porque tem apego ao dinheiro e à ideia de superioridade perante os mais pobres.

“A classe dominante do Brasil sempre teve medo do comunismo. O comunismo é o Bicho-papão. Ela tem medo de perder seu dinheiro. Ela não tem medo do comunismo, ela tem ódio do comunismo, ela tem ódio dos comunistas”, destacou.

Ela também comentou a péssima imagem do Brasil no exterior: “agora nós somos identificados como Bolsonaro, pela tosquice, pelo jeito rude e nós somos isso agora. Os portugueses nos detestam, porque o brasileiro é mal educado, porque o brasileiro é grosso, trata mal os garçons nos restaurantes, não quer obedecer os padrões de educação, as leis, joga papel no chão, cospe. É isso. Nós fomos reduzidos a isso”.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email