ABI pede proteção a jornalista ameaçado por investigar 'Dia do Fogo' no Pará

Por meio de carta, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) pediu neste domingo (1º/9) ao governador do Pará, Helder Barbalho, proteção ao jornalista Adécio Piran, autor de reportagem que revelou a organização do chamado "Dia do Fogo" no estado

(Foto: AVN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por meio de carta, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) pediu neste domingo (1º/9) ao governador do Pará, Helder Barbalho, proteção ao jornalista Adécio Piran, autor de reportagem que revelou a organização do chamado "Dia do Fogo" por produtores rurais da região de Novo Progresso, a 1,6 mil quilômetros de Belém.  

Segundo o jornal O Globo, no último dia 5 de agosto, Piran publicou uma reportagem revelando a intenção de produtores rurais de realizar um “dia do fogo”, o que, de fato, aconteceu no dia 10, segundo registro do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe).   

De acordo com a ABI, Piran vem sofrendo ameaças e é alvo de panfletos apócrifos com ofensas graves, além de ataques por mensagens de WhatsApp.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email