ABI pede proteção a jornalista ameaçado por investigar 'Dia do Fogo' no Pará

Por meio de carta, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) pediu neste domingo (1º/9) ao governador do Pará, Helder Barbalho, proteção ao jornalista Adécio Piran, autor de reportagem que revelou a organização do chamado "Dia do Fogo" no estado

(Foto: AVN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por meio de carta, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) pediu neste domingo (1º/9) ao governador do Pará, Helder Barbalho, proteção ao jornalista Adécio Piran, autor de reportagem que revelou a organização do chamado "Dia do Fogo" por produtores rurais da região de Novo Progresso, a 1,6 mil quilômetros de Belém.  

Segundo o jornal O Globo, no último dia 5 de agosto, Piran publicou uma reportagem revelando a intenção de produtores rurais de realizar um “dia do fogo”, o que, de fato, aconteceu no dia 10, segundo registro do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe).   

De acordo com a ABI, Piran vem sofrendo ameaças e é alvo de panfletos apócrifos com ofensas graves, além de ataques por mensagens de WhatsApp.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247