#aCulpaÉdoParente está entre os temas mais comentados no Twitter

A hashtag #aCulpaÉdoParente é um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta-feira 24 por conta da greve dos caminhoneiros; a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet) culparam o presidente da Petrobras, Pedro Parente, pelos aumentos abusivos nos preços do óleo diesel e pedem sua demissão

Brasília - O presidente da Petrobras Pedro Parente participa da cerimônia de divulgação do Plano de Negócios e Gestão 2018-2022 da Petrobras (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Brasília - O presidente da Petrobras Pedro Parente participa da cerimônia de divulgação do Plano de Negócios e Gestão 2018-2022 da Petrobras (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)

247 - A hashtag #aCulpaÉdoParente está entre os assuntos mais comentados do Twitter por conta da greve dos caminhoneiros, que protestam contra os aumentos nos preços do óleo diesel.

A pressão em cima do presidente da Petrobras, Pedro Parente, aumenta cada vez mais. Segundo o coordenador da FUP, José Maria Rangel, o dirigente da estatal e Michel Temer são os culpados pelos reajustes abusivos dos derivados de petróleo.

"Os acionistas da Petrobrás estão rindo de orelha a orelha com os reajustes diários. Mais de 121 reajustes foram feitos desde que essa política foi implantada. Os preços da gasolina e do diesel sofreram aumentos de mais de 50%. Esse é o preço da irresponsabilidade dos senhores Michel Temer e Pedro Parente. Mas, a mídia não fala", afirma (leia mais aqui).

De acordo com a Associação dos Engenheiros da Petrobrás (AEPET), a atual política de preços da Petrobras favorece os Estados Unidos e o setor privado. Seria uma das táticas do governo de quebrar a empresa. "A exportação de petróleo cru disparou, enquanto a importação de derivados bateu recordes. A importação de diesel se multiplicou por 1,8 desde 2015, e dos EUA por 3,6. O diesel importado dos EUA que em 2015 respondia por 41% do total, em 2017 superou 80% do total importado pelo Brasil", disse o comunicado (veja aqui).

Confira alguns tuits criticando Parente: 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247