Aldir Blanc questiona Teori sobre afastamento de Cunha

Compositor e escritor brasileiro pergunta ao ministro do STF Teori Zavascki: "quando é que essa esterqueira será varrida da casa de tolerância? O que é que falta para a amputação do líder dessa gang-grena?"; "O processo contra esse cafajeste na câmara ardente se arrasta por tramoias e manipulação do regimento. ChikunCunha é réu em um sem-número de propinagens", lembra Blanc, em artigo

Compositor e escritor brasileiro pergunta ao ministro do STF Teori Zavascki: "quando é que essa esterqueira será varrida da casa de tolerância? O que é que falta para a amputação do líder dessa gang-grena?"; "O processo contra esse cafajeste na câmara ardente se arrasta por tramoias e manipulação do regimento. ChikunCunha é réu em um sem-número de propinagens", lembra Blanc, em artigo
Compositor e escritor brasileiro pergunta ao ministro do STF Teori Zavascki: "quando é que essa esterqueira será varrida da casa de tolerância? O que é que falta para a amputação do líder dessa gang-grena?"; "O processo contra esse cafajeste na câmara ardente se arrasta por tramoias e manipulação do regimento. ChikunCunha é réu em um sem-número de propinagens", lembra Blanc, em artigo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Em referência ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o compositor e escritor brasileiro Aldir Blanc questiona, em artigo publicado no Globo neste domingo 24, o ministro do STF Teori Zavascki: "Quando é que essa esterqueira será varrida da casa de tolerância?".

"O processo contra esse cafajeste na câmara ardente se arrasta por tramoias e manipulação do regimento. ChikunCunha é réu em um sem-número de propinagens. Se isso que vivemos ainda é uma democracia, apesar de comandada pelas elites fiespodres, Sepulcro Caiado pedindo para enterrar "o cadáver" (vai ser um prazer quando chegar a vez da viagem dele para o além-pútrido), pauderneys, latifundiários, a canalha toda aliada aos coxinhas (conheço vários que levavam por fora no passado), então, ministro T.Z., o que é que falta para a amputação do líder dessa gang-grena?", pergunta ele.

Para Black, "o melhor momento do arraiá foi a cusparada de Jean Wyllys na cara do fascistão que viceja com os vermes se alimentando de torturadores. Jean Wyllys é gay e muito mais homem do que Rosconaro, outro que já deveria estar na lata de lixo da História".

Leia aqui a íntegra.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email