Ao pagar "influencer" para promover novela, Globo abre precedente arriscado

“Acho que a Globo está pisando num terreno complexo e perigoso”, aponta o jornalista Maurício Stycer

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - “A Globo confirmou nesta quarta-feira (19) que eventualmente paga para influenciadores digitais promoverem novelas em seus perfis nas redes sociais. O reconhecimento veio em resposta a um questionamento do site Notícias da TV”, escreve o jornalista Maurício Stycer, em sua coluna no portal UOL. 

“O caso que motivou o questionamento do site foi uma publicação no Instagram de um perfil chamado Gina Indelicada, com 10,2 milhões de seguidores. "Tô ansiosa pelo BBB, mas antes quero ver o bafão que vai ser o capítulo de hoje da novela!", escreveu. "Será que o golpe de Christiano e Túlio vai ser revelado dessa vez? Quero só ver como eles vão se explicar! E coladinho com a novela Um Lugar ao Sol tem a estreia do BBB22. Todo mundo preparado? #publicidade"”, relata o jornalista. 

De acordo com ele, “o aviso ao final de que se trata de publicidade está de acordo com as exigências do Código de Defesa do Consumidor e do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). Trata-se de um gesto de transparência obrigatório, mas que nem sempre é respeitado ou cumprido por influenciadores digitais.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Além deste problema, também acho que a Globo está pisando num terreno complexo e perigoso. Pagando para alguns influenciadores, arrisca a colocar em dúvida qualquer publicação elogiosa feita de forma espontânea. Não parece sem propósito que leitores comecem a desconfiar que comentários favoráveis a um ou outro programa sejam fruto de "impulsionamento".”, avalia. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email