Após chamar Bolsonaro de 'bundão', Haddad vira alvo da ira de robôs bolsonaristas

Após chamar Jair Bolsonaro de bundão, em uma referência a mais ataque do extremista a jornalistas, Fernando Haddad virou alvo do exército de robôs bolsonaristas que sobem nos assuntos mais comentados do Twitter seus alvos prediletos

Fernando Haddad e Jair Bolsonaro
Fernando Haddad e Jair Bolsonaro (Foto: Abr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após chamar Jair Bolsonaro de bundão, em uma referência ao ataque do extremista a jornalistas, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, virou alvo nesta terça-feira (25) do exército de robôs bolsonaristas, que sobem nos assuntos mais comentados do Twitter seus alvos prediletos. 

Nesta segunda-feira (24), Bolsonaro disse à jornalistas que cobriam evento no palácio do Planalto que “quando pega num bundão de vocês a chance de sobreviver é bem menor", referindo-se ao coronavírus. 

Na sequência, Haddad tuítou. “É bundão que chama o cara que foge de debate?”, resgatando a ausência de Bolsonaro nos debates das eleições de 2018.
 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247