Após se arrepender do apoio a Moro, Padilha é cobrado a corrigir a série O Mecanismo

O cineasta José Padilha está sendo cobrado nas redes sociais a fazer uma retificação na série O Mecanismo, da Netflix, que retrata a operação Lava Jato, após o artigo em que ele faz duras críticas ao ex-juiz Sérgio Moro, cujo pacote pacote anti-crime ele classifica como "pró-milícia"; "Quando ele irá gravar a errata de "O Mecanismo"? Aguardo", escreve a jornalista Rita Lisauskas; "Precisamos de um filme que mostre o golpe contra a Dilma e a injustiça contra Lula, o verdadeiro Mecanismo. Aí a “mea culpa” será prática", defende a deputada Gleisi Hoffmann; "Elegeram um fascista e agora pulam do barco", destaca o ator José de Abreu

Após se arrepender do apoio a Moro, Padilha é cobrado a corrigir a série O Mecanismo
Após se arrepender do apoio a Moro, Padilha é cobrado a corrigir a série O Mecanismo

247 - O cineasta José Padilha está sendo cobrado nas redes sociais a fazer uma retificação na série O Mecanismo, da Netflix, que retrata a operação Lava Jato, após artigo na Folha de S. Paulo em que Padilha faz críticas ao ex-juiz Sérgio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública. 

Vários jornalistas, influenciadores e formadores de opinião criticam Padilha e cobram do cineasta uma medida concreta após a "descoberta" sobre os abusos cometidos pelo ex-juiz da Lava Jato. O perfil do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi retratado como corrupto pelo série, mesmo tendi sido condenado sem provas por Moro, disse que Padilha teria reação mais espantada ao ler a sentença de Moro contra ele (leia mais). 

No artigo para a Folha, Padilha, que dirigiu Tropa de Elite e a série O Mecanismo, diz que cometeu erro sobre a “conduta” de Moro. “Ora, o leitor sabe que sempre apoiei a operação Lava Jato e que chamei Sergio Moro de “samurai ronin”, numa alusão à independência política que, acreditava eu, balizava a sua conduta. Pois bem, quero reconhecer o erro que cometi”, escreve Padilha, após listar cinco pontos sobre a atuação das milícias.

“Digo isso porque não há outra explicação: Sergio Moro finge não saber o que é milícia porque perdeu sua independência e hoje trabalha para a família Bolsonaro”, relata, antes de classificar o pacto anticrime de Moro de “pacote pró-milícia”.

Confira algumas reações:

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247