Até Merval questiona: de onde Temer tira tanto dinheiro?

Segundo o colunista Merval Pereira, o presidente interino Michel Temer está fazendo manobra de alto risco ao firmar acordo sobre as dívidas dos Estados; ele questiona de onde vem tanto dinheiro em momento de crise: “é possível estranhar de onde o governo tira tanto dinheiro para fazer acordos com vários setores, inclusive com o aumento de salários, num momento que tenta viabilizar limite de gasto público. Estaria ai o aumento do déficit para R$ 170 bilhões?” 

Segundo o colunista Merval Pereira, o presidente interino Michel Temer está fazendo manobra de alto risco ao firmar acordo sobre as dívidas dos Estados; ele questiona de onde vem tanto dinheiro em momento de crise: “é possível estranhar de onde o governo tira tanto dinheiro para fazer acordos com vários setores, inclusive com o aumento de salários, num momento que tenta viabilizar limite de gasto público. Estaria ai o aumento do déficit para R$ 170 bilhões?” 
Segundo o colunista Merval Pereira, o presidente interino Michel Temer está fazendo manobra de alto risco ao firmar acordo sobre as dívidas dos Estados; ele questiona de onde vem tanto dinheiro em momento de crise: “é possível estranhar de onde o governo tira tanto dinheiro para fazer acordos com vários setores, inclusive com o aumento de salários, num momento que tenta viabilizar limite de gasto público. Estaria ai o aumento do déficit para R$ 170 bilhões?”  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O colunista Merval Pereira afirma que o presidente interino Michel Temer está fazendo manobra de alto risco ao firmar acordo sobre as dívidas dos Estados. Até ele se questiona de onde Temer tira tanto dinheiro neste momento de crise:

“É possível estranhar de onde o governo tira tanto dinheiro para fazer acordos com vários setores, inclusive com o aumento de salários, num momento que tenta viabilizar limite de gasto público. Estaria ai o aumento do déficit para R$ 170 bilhões?”.

“Fica também possível a narrativa dos apoiadores do antigo governo de que na verdade o perdulário é Temer, e não Dilma”, diz.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247