Band corta mais de 300 postos de trabalho

Desligamentos devem atingir 30% dos empregados do grupo, ou 35% dos profissionais de cada departamento, alcançando mais de 300 pessoas. As primeiras demissões atingiram as áreas técnica, de operações, jornalismo e produção; dentre os demitidos estão profissionais com mais de 20 anos de casa, como o repórter Antonio Petrin e a chefe de redação Débora Cunha

Desligamentos devem atingir 30% dos empregados do grupo, ou 35% dos profissionais de cada departamento, alcançando mais de 300 pessoas. As primeiras demissões atingiram as áreas técnica, de operações, jornalismo e produção; dentre os demitidos estão profissionais com mais de 20 anos de casa, como o repórter Antonio Petrin e a chefe de redação Débora Cunha
Desligamentos devem atingir 30% dos empregados do grupo, ou 35% dos profissionais de cada departamento, alcançando mais de 300 pessoas. As primeiras demissões atingiram as áreas técnica, de operações, jornalismo e produção; dentre os demitidos estão profissionais com mais de 20 anos de casa, como o repórter Antonio Petrin e a chefe de redação Débora Cunha (Foto: Paulo Emílio)

247 - A Rede Bandeirantes está realizando uma nova demissão em massa entre seus funcionários. Ao todo, os desligamentos devem atingir 30% dos empregados do grupo, ou 35% dos profissionais de cada departamento, alcançando mais de 300 pessoas. As primeiras demissões atingiram as áreas técnica, de operações, jornalismo e produção.

Segundo o UOL, os cortes na área de jornalismo só não foram maiores em função da intervenção do diretor André Luis Costa, que conseguiu reduzir em 5% as demissões previstas.

Dentre os demitidos estão profissionais com mais de 20 anos de casa, como o repórter Antonio Petrin e a chefe de redação Débora Cunha.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247