Boechat: “PMDB não tem linha programática, ideológica ou coerência política”

Jornalista Ricardo Boechat fez duras críticas à decisão do PMDB de desembarcar do governo Dilma Rousseff; "É uma imagem melancólica e humilhante para o cidadão brasileiro ver tantas figuras com tantos crimes nas costas reunidas ali, sem que a polícia comparecesse para fazer a sua parte", disse

Jornalista Ricardo Boechat fez duras críticas à decisão do PMDB de desembarcar do governo Dilma Rousseff; "É uma imagem melancólica e humilhante para o cidadão brasileiro ver tantas figuras com tantos crimes nas costas reunidas ali, sem que a polícia comparecesse para fazer a sua parte", disse
Jornalista Ricardo Boechat fez duras críticas à decisão do PMDB de desembarcar do governo Dilma Rousseff; "É uma imagem melancólica e humilhante para o cidadão brasileiro ver tantas figuras com tantos crimes nas costas reunidas ali, sem que a polícia comparecesse para fazer a sua parte", disse (Foto: Aquiles Lins)

Da Revista FórumEm seu programa na BandNews FM, o jornalista Ricardo Boechat comentou o rompimento do PMDB com o governo de Dilma Rousseff, oficializado ontem (29). Para ele, o partido não tem qualquer linha programática, ideológica, coerência política ou projeto para o país e não passa de "um conglomerado de interesses".

Segundo Boechat, o PMDB deixou o governo já pensando em tomar o poder, com a exaltação do vice-presidente da República e presidente nacional da sigla, Michel Temer. "É uma imagem melancólica e humilhante para o cidadão brasileiro ver tantas figuras com tantos crimes nas costas reunidas ali, sem que a polícia comparecesse para fazer a sua parte", disse sobre a reunião da cúpula do partido.

Para assistir ao vídeo, clique aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247