Bolsonaro "brincou" que colocaria veneno nos jornalistas da Folha

Em mais uma declaração grotestca, Jair Bolsonaro brincou com a Folha de S. Paulo dizendo que colocaria estricnina (veneno) no café dos representantes do jornal. Não é a primeira vez que ele ataca a Folha

(Foto: Antonio Cruz - ABR)

247 - Em mais uma declaração grotestca, Jair Bolsonaro brincou com a Folha de S. Paulo dizendo que colocaria estricnina (veneno) no café dos representantes do jornal. A declaração foi concedida aos jornalistas Sérgio Dávila e Leandro Colon.

Bolsonaro havia reclado da cobertura da imprensa e criticou as reportagens sobre a avó da primeira-dama, Michelle. De acordo com o jornal paulista, Maria Aparecida Firmo Ferreira, 78, passou mais de dois dias aguardando atendimento deitada em uma maca no corredor de um hospital na periferia do Distrito Federal.

A idosa foi transferida e submetida a uma cirurgia de urgência após o governo do Distrito Federal ser procurado pela reportagem do veículo.

Não é a primeira vez que Bolsonaro ataca a Folha. Em meio, ele disse que eles não têm de contratar "qualquer uma" para trabalhar no jornal. A declaração foi dada nos Estados Unidos, após a repórter Marina Dias questioná-lo sobre o bloqueio de recursos no orçamento da educação.

Segundo o ocupante do Planalto, a jornalista tinha que entrar de novo "numa faculdade que presta e fazer bom jornalismo". 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247