Bolsonaro contraria Guedes e diz que não vai acabar com o 13º

Jair Bolsonaro, em seu Facebook, afirmou que o 13º não pode ser 'mexido' sem uma nova constituinte, contrariando a concepção de seu ministro da Economia, Paulo Guedes; ele diz: "os direitos trabalhistas como 13º e férias são cláusulas pétreas da Constituição, ou seja, não podem ser modificados se não mediante uma nova constituinte. Estão garantidos independentemente dos boatos que espalham propositalmente há anos, inclusive em eleições anteriores, sempre tentando fortalecer partidos de esquerda"

Bolsonaro contraria Guedes e diz que não vai acabar com o 13º
Bolsonaro contraria Guedes e diz que não vai acabar com o 13º (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Jair Bolsonaro, em seu Facebook, afirmou que o 13º não pode ser 'mexido' sem uma nova constituinte, contrariando a concepção de seu ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele diz: "os direitos trabalhistas como 13º e férias são cláusulas pétreas da Constituição, ou seja, não podem ser modificados se não mediante uma nova constituinte. Estão garantidos independentemente dos boatos que espalham propositalmente há anos, inclusive em eleições anteriores, sempre tentando fortalecer partidos de esquerda."

Confira o post de Bolsonaro em seu Facebook: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247