Bolsonaro diz que só voltará a dar entrevistas se a mídia denunciar palestra de Merval Pereira, do Globo

Jair Bolsonaro passou a condicionar entrevistas a uma demanda inusitada. Os jornalistas terão que publicar matérias sobre a denúncia feita por ele de que Merval Pereira, um dos jornalistas que mais trabalharam pelo golpe de 2016 e pela prisão política de Lula, recebeu R$ 375 mil do Senac

247 – Com o Brasil correndo o risco de perder a Amazônia, Jair Bolsonaro quer que a mídia nacional escreva sobre sua denúncia de que Merval Pereira, do Globo, recebeu R$ 375 mil do Senac. É uma demonstração de que os jornalistas que apoiaram o golpe de 2016 e a prisão políitca de Lula estão agora comendo o pão que o diabo amassou na gestão Bolsonaro. Confira tweet de Paulo Pimenta e reportagem sobre o caso:

247 - Jair Bolsonaro retrucou às 11h44 neste sábado com um ataque violento a um comentário do jornalista Merval Pereira, na rádio CBN, nesta sexta, sob o título "Sinais preocupantes". Num post em sua página no Facebook, Bolsonaro acusou o jonalista de ter recebido do Sena/RJ a quantia R$ 375.000,00 por uma palestra, em março de 2016. Bolsonaro não apresentou qualquer comprovação do suposto pagamento e até às 12h30 nem Pereira nem as Organizações Globo haviam respondido ao ataque.

Leia um resumo que o próprio Merval Pereira preparou de seu comentário na rádio CBN e, a seguir, o ataque de Bolsonaro:

"O presidente Jair Bolsonaro começa a dar sinais de que governa em benefício próprio, o que é muito grave. E se coloca numa posição delicada, porque vai na direção oposta ao que falou na campanha em relação ao combate à corrupção. Quer controlar os órgãos de investigação para proteger o filho e a própria família. E a ele também, porque a investigação contra o filho Flavio atinge o mandato dele. Já entrou em guerra com a Receita Federal e está entrando com a PF, desmoralizando o ministro Sergio Moro".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247