Bolsonaro elogia colunistas de direita e diz que esquerda não respeita democracia

Em tweet, Bolsonaro inventa que a mídia conservadora do país é “completamente dominada pelo pensamento de esquerda radical” e defende jornalistas de extrema-direita que têm perdido espaço nos veículos de comunicação. Afirmou ainda que seu governo é "conservador/liberal" e que "a esquerda não respeita a democracia!"

Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em Brasília
Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em Brasília (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro saiu neste sábado (11) à noite em defesa de alguns dos mais notórios representantes da extrema-direita na mídia conservadora brasileira. Num tweet despropositado, Bolsonado afirmou que a imprensa conservadora brasileira, toda ela de perfil direitista, está “completamente dominada pelo pensamento de esquerda radical”.

Escreveu Bolsonaro: “Luís Lacombe, Leandro Narloch, Caio Coppolla e Rodrigo Constantino possuem algo em comum, que é opinião própria e independência. Isso já é suficiente para serem considerados nocivos dentro de grande parte da mídia, hoje completamente dominada pelo pensamento de esquerda radical”.

No segundo tweet: "-Não tenho relação com nenhum desses. Inclusive, por diversas vezes, sou alvo de suas críticas. Mas no Brasil formou-se um cenário onde não ser radicalmente crítico a um governo conservador/liberal já é motivo para ilações e perseguições. A esquerda não respeita a democracia!"

Os quatro mencionados por Bolsonaro tiveram alguma expressão na mídia conservadora no momento de ascensão da extrema-direita no país e têm sido questionados no momento em que a direita tradicional, à qual se alinha boa parte da mídia corporativa, rompe com o Bolsonarismo.

Lacombe foi demitido da Rede Bandeirantes, onde fazia propaganda aberta do governo Bolsonaro; Narloch foi demitido da CNN por depois de um comentário homofóbico; Coppolla tem sido cada dia mais questionado na própria CNN e na imprensa de uma maneira geral por sua agressividade rasteira -bacharel em Direito, sequer foi aprovado até hoje no exame da OAB. Constantino, que foi uma das maiores estrelas da extrema-direita na imprensa conservadora, com posições de destaque na revista Veja, hoje está relegado a veículos de extrema-direita ou publicações de baixo prestígio.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email