Bolsonaro fez 87 ataques à imprensa este ano, diz a Organização Repórteres Sem Fronteiras

De acordo com levantamento da instituição, o número representou um aumento de 74% na comparação com o segundo semestre do ano passado

Palácio do Planalto

247 - A Organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) divulgou  nesta quarta-feira (28) um levantamento apontando que Jair Bolsonaro fez 87 ataques à imprensa no primeiro semestre de 2021. O número representou um aumento de 74% na comparação com o segundo semestre do ano passado.

A RSF registrou 331 ataques contra a imprensa realizados por autoridades públicas de alto escalão, um aumento de 5,4% em relação aos últimos 6 meses do ano passado. Desse total, 293 ataques (88%) vieram do clã Bolsonaro.

Os dados também mostraram que, além dos 87 ataques de Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) atacou a imprensa  em 83 ocasiões, alta de 84,4%. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) atacou a mídia nacional 85 vezes, uma queda de 41,37% na comparação com os últimos 6 meses de 2020, quando realizou 145 ataques. O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) foi autor de 38 ataques.

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Confira a íntegra do levantamento

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.