"Bolsonaro mente impunemente", diz Cynara Menezes

À TV 247, a jornalista criticou o silêncio do Ministério Público, que está “totalmente aparelhado pelo bolsonarismo”, acerca das mentiras espalhadas por Bolsonaro, inclusive por meio de órgãos de Estado. Assista

Jornalista Cynara Menezes
Jornalista Cynara Menezes (Foto: Editora 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista Cynara Menezes, em entrevista à TV 247, cobrou mais ação do Ministério Público acerca das mentiras contadas por Jair Bolsonaro, inclusive por meio da máquina do Estado.“O cara mente impunemente. Todo mundo sabe que o Bolsonaro é um mentiroso compulsivo e não acontece nada, porque a gente tem um Ministério Público, que era tão atuante na época da Dilma, completamente aparelhado pelo bolsonarismo”, disse a jornalista. Uma das mais recentes mentiras contadas por Bolsonaro foi a de que o número de mortes por Covid-19 no Brasil foi manipulado. A afirmação foi baseada, no entanto, em um relatório fraudulento montado por um auditor do Tribunal de Contas da União (TCU).

Cynara afirmou que o procurador-geral da República, Augusto Aras, blinda o governo federal no MP. “Olha o que acontece com os perfis do governo nas redes sociais, da Secom. Existe um princípio que se chama ‘princípio da impessoalidade’, a pessoa não pode usar os órgãos públicos em seu proveito, para se promover. Eles fazem isso o tempo inteiro. O perfil da Secom atacou a The Economist em nome do Bolsonaro, ferindo o princípio da impessoalidade e nada acontece. O MP está amordaçado pelo Aras. É muito difícil ter otimismo em uma circunstância dessa”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email