Bolsonaro não combate corrupção nem tem o controle do governo, diz demitido da ABDI

O presidente da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), Guto Ferreira, demitido nesta semana por ordem de Boslonaro, saiu atirando. Ele se declarou decepcionado com o governo por não cumprir a promessa de campanha de priorizar o combate à corrupção.

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), Guto Ferreira, demitido nesta semana por ordem de Boslonaro, saiu atirando. Ele se declarou decepcionado com o governo por não cumprir a promessa de campanha de priorizar o combate à corrupção. 

A reportagem do portal Uol destaca que Ferreira "também critica o ministro da Economia, Paulo Guedes (a quem diz admirar), por não dar atenção à indústria e à retomada do desenvolvimento.

A matéria ainda sublinha que "Guto Ferreira volta a atacar seu chefe, o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa. Desta vez com novas acusações: Costa teria pedido que a agência pagasse despesas pessoais, em período de folga, durante viagem oficial para o exterior."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247