Bolsonaro se afoga num copo d'água, diz Miriam Leitão

Em sua coluna no jornal O Globo intitulada "Papel político do presidente", a jornalista Miriam Leitão afirma que "articulação não é sinônimo de corrupção. Quando sugere isso, o presidente Jair Bolsonaro fortalece um pensamento perigoso que enfraquece a democracia", diz; "Bolsonaro não conseguiu unificar nem mesmo os deputados do próprio partido. O fato de que este é um governo que se afoga em copo d'água"

Bolsonaro se afoga num copo d'água, diz Miriam Leitão
Bolsonaro se afoga num copo d'água, diz Miriam Leitão (Foto: Dir.: Marcos Corrêa - PR)

247- Em sua coluna no jornal O Globo intitulada "Papel político do presidente", a jornalista Miriam Leitão afirma que não é papel de Jair Bolsonaro "intervir em decisões do Legislativo, mas tem que continuar defendendo o projeto que enviou". "Articulação não é sinônimo de corrupção. Quando sugere isso, o presidente Jair Bolsonaro fortalece um pensamento perigoso que enfraquece a democracia", afirma. "Bolsonaro não conseguiu unificar nem mesmo os deputados do próprio partido. O fato de que este é um governo que se afoga em copo d'água". 

Segundo a colunista, "tuítes à parte, quando Bolsonaro insinua que querem levá-lo à velha política ou ao destino de outros presidentes, ele está jogando mais fumaça na zona de nevoeiro que hoje se espalha perigosamente na política brasileira".

"Depois de tantas fases da Operação Lava-Jato, e tudo o que nos foi revelado, a opinião pública está traumatizada. E o caminho mais fácil é condenar a política como suja, velha, perniciosa e, por conseguinte, descartável. Quando o presidente confirma esse sentimento com suas frases ambíguas e suas perguntas com indiretas, ele está aumentando a rejeição aos políticos em geral, e não às práticas que o país quer ver encerradas".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247