Breno Altman: Lula e Ciro têm um encontro marcado

Editor do site Opera Mundi, o jornalista Breno Altman avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o candidato Ciro Gomes, do PDT, terão um encontro marcado no futuro; "A candidatura Ciro não é um problema. Ele disputa o eleitor de centro, sob uma perspectiva de esquerda. No segundo turno, ele apoiará o Lula", diz ele; se Lula não puder concorrer, duas opções se colocam: o voto nulo no primeiro turno ou outra candidatura do PT; "Eu não vejo qualquer hipótese de o PT não ter candidatura própria se a alternativa não for a do voto nulo", diz ele; depois, no segundo turno, a composição entre as forças progressistas seria natural; em sua análise, Altman também discorreu sobre a hipótese de prisão de Lula; confira a íntegra

Editor do site Opera Mundi, o jornalista Breno Altman avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o candidato Ciro Gomes, do PDT, terão um encontro marcado no futuro; "A candidatura Ciro não é um problema. Ele disputa o eleitor de centro, sob uma perspectiva de esquerda. No segundo turno, ele apoiará o Lula", diz ele; se Lula não puder concorrer, duas opções se colocam: o voto nulo no primeiro turno ou outra candidatura do PT; "Eu não vejo qualquer hipótese de o PT não ter candidatura própria se a alternativa não for a do voto nulo", diz ele; depois, no segundo turno, a composição entre as forças progressistas seria natural; em sua análise, Altman também discorreu sobre a hipótese de prisão de Lula; confira a íntegra
Editor do site Opera Mundi, o jornalista Breno Altman avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o candidato Ciro Gomes, do PDT, terão um encontro marcado no futuro; "A candidatura Ciro não é um problema. Ele disputa o eleitor de centro, sob uma perspectiva de esquerda. No segundo turno, ele apoiará o Lula", diz ele; se Lula não puder concorrer, duas opções se colocam: o voto nulo no primeiro turno ou outra candidatura do PT; "Eu não vejo qualquer hipótese de o PT não ter candidatura própria se a alternativa não for a do voto nulo", diz ele; depois, no segundo turno, a composição entre as forças progressistas seria natural; em sua análise, Altman também discorreu sobre a hipótese de prisão de Lula; confira a íntegra (Foto: Ana Pupulin)

247 – Editor do site Opera Mundi, o jornalista Breno Altman avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o candidato Ciro Gomes, do PDT, terão um encontro marcado no futuro, mas não no primeiro turno. "O Ciro se coloca como uma candidatura de centro, daqueles que não querem mais a polarização entre PT e PMDB", diz ele. Ou seja: ele corre na mesma faixa da ex-senadora Marina Silva. "A candidatura Ciro não é um problema. Ele disputa o eleitor de centro, sob uma perspectiva de esquerda. No segundo turno, ele apoiará o Lula."

Breno considera fora de cogitação um apoio do PT ao pedetista no primeiro turno. "Eu não vejo qualquer hipótese de o PT não ter candidatura própria se a alternativa não for a do voto nulo", afirma. Nesta hipótese, de o PT concorrendo com outro nome e com Ciro passando para o segundo turno, haveria uma composição natural. Daí, o encontro marcado.

Altman também avalia que a discussão sobre um eventual vice de Lula ainda é prematura. "O PT deve se empenhar na defesa do direito do Lula ser candidato, na construção de uma corrente popular e de uma frente ampla. No momento adequado, essa questão do vice deve ser discutida internamente, à luz do momento, e também com os próprios aliados". Em sua análise, ele também falou sobre a hipótese de prisão de Lula.

Inscreva-se na TV 247 e confira a análise de Breno Altman:

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247