Brian Mier: Partido Democrata abriu caminho de diálogo com Lula por meio da CNN

O jornalista norte-americano explicou à TV 247 que é muito simbólica a escolha da emissora estadunidense de escalar Christiane Amanpour, “a jornalista mais integrada com as lideranças do Partido Democrata”, para entrevistar o ex-presidente. Assista

Brian Mier, Lula e Christiane Amanpour
Brian Mier, Lula e Christiane Amanpour (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista norte-americano Brian Mier falou à TV 247 que é muito significativo o fato de a CNN dos Estados Unidos ter escalado a jornalista Christiane Amanpour para entrevistar o ex-presidente Lula.

Mier explicou que a profissional é fortemente integrada ao Partido Democrata estadunidense, sigla do mandatário do país, Joe Biden. Por esta razão, a entrevista representa uma tentativa de abertura de diálogo entre democratas e Lula. “Amanpour é a jornalista mais integrada com as lideranças do Partido Democrata da CNN, que é a emissora mais integrada com o Partido Democrata. Se ela convidou Lula para essa entrevista, é porque o Partido Democrata está abrindo espaço para um possível diálogo com o Lula. Eu não sei qual é o objetivo final, mas acho que nessa entrevista ela foi muito educada, não fez nenhum tipo de emboscada contra o Lula”.

Sobre a provocação do ex-presidente para que Biden convoque uma reunião do G20 para tratar da distribuição adequada de vacinas contra a Covid-19 para toda a população mundial, o jornalista afirmou: “foi um golpe de mestre. Foi o Lula clássico. Isso lembra todos no mundo como o Lula era um grande estadista, como ele ainda é. Lula sabe com certeza o papel que o Partido Democrata, o governo do Obama, do qual Biden fez parte, teve na construção da Lava Jato e no golpe. Ele fez isso como uma manobra política”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email