Bruno Boghossian: ao desmentir suas próprias frases, Bolsonaro dá aula de manipulação

O colunista da Folha de S.Paulo Bruno Boghossian avalia que "não surpreende ninguém que Jair Bolsonaro esteja em conflito com a verdade e os fatos, mas ele se superou na última semana. O presidente alcançou a proeza de atacar e chamar de falsa uma informação que ele mesmo dera 24 horas antes"

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O colunista da Folha de S.Paulo Bruno Boghossian avalia que 'não surpreende ninguém que Jair Bolsonaro esteja em conflito com a verdade e os fatos, mas ele se superou na última semana. O presidente alcançou a proeza de atacar e chamar de falsa uma informação que ele mesmo dera 24 horas antes.

"Ao voltar para o Palácio da Alvorada depois de uma passagem pelo hospital, na quarta (11), ele disse: 'Tem possível câncer de pele. Fizeram uma checagem em mim'. A imprensa noticiou o fato, é claro. "Após exames, Bolsonaro diz que há possibilidade de ter câncer de pele" foi o título do texto publicado pela Folha de S.Paulo. 

"Na noite seguinte, o presidente encarnou um ator canastrão numa transmissão ao vivo pelas redes sociais. 'Teve uma fake news também que eu estava com câncer', reclamou. 'É mentira em cima de mentira!". 

"Poderia até parecer que, finalmente, Bolsonaro confessava ser um fabricante de notícias falsas. Mas era só o exemplo mais nítido de seu método de manipulação. O presidente da República adultera fatos e frauda todo tipo de informação sem corar".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247