Capa do Globo resume o fracasso do golpe

Depois de apoiar o golpe que quebrou e desmoralizou o Brasil no mundo, o jornal O Globo resume, em sua capa, o fracasso de Michel Temer; a manchete do jornal carioca traz hoje o retrato do País pós-golpe: "Governo eleva rombo, congela salários e aumenta impostos"

Depois de apoiar o golpe que quebrou e desmoralizou o Brasil no mundo, o jornal O Globo resume, em sua capa, o fracasso de Michel Temer; a manchete do jornal carioca traz hoje o retrato do País pós-golpe: "Governo eleva rombo, congela salários e aumenta impostos"
Depois de apoiar o golpe que quebrou e desmoralizou o Brasil no mundo, o jornal O Globo resume, em sua capa, o fracasso de Michel Temer; a manchete do jornal carioca traz hoje o retrato do País pós-golpe: "Governo eleva rombo, congela salários e aumenta impostos" (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O jornal O Globo, um dos fiadores do golpe que destituiu a presidente legitimamente eleita Dilma Rousseff, traz em sua manchete hoje o que se pode definir como o resumo do Brasil pós-golpe: "Governo eleva rombo, congela salários e aumenta impostos".

Em um longo texto, o periódico da família Marinho esmiúça o fiasco da administração de Michel Temer, que acaba de produzir o maior desastre fiscal da história do Brasil.

"Depois de semanas de idas e vindas, o governo revisou ontem as metas fiscais para o período 2017-2020. A projeção agora é que as contas públicas ficarão no vermelho durante todo esse tempo e só apresentarão superávit primário a partir de 2021. As metas deste ano e do próximo, de déficits primários de R$ 139 bilhões e R$ 129 bilhões, respectivamente, subirão para R$ 159 bilhões", começa o texto, que indica ainda alta de impostos e o arrocho do funcionalismo público federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247