Colunista do Globo vota em Haddad por ser democrata convicta

"Quisera cobrir-me com o manto de invisibilidade dos isentões. Mas integro o time dos democratas convictos", diz a jornalista Flávia Oliveira, colunista do jornal O Globo e eleitora de Fernando Haddad

Colunista do Globo vota em Haddad por ser democrata convicta
Colunista do Globo vota em Haddad por ser democrata convicta

247 – "A democracia é inegociável. A democracia é inegociável. A democracia é inegociável. Repito a frase como mantra do compromisso que, entrante na vida adulta, firmei ao tornar-me jornalista profissional", diz a jornalista Flávia Oliveira, colunista do jornal O Globo e eleitora de Fernando Haddad. "Quisera cobrir-me com o manto de invisibilidade dos isentões. Mas integro o time dos democratas convictos", pontua ainda.

Leia, abaixo, um trecho de sua coluna: 

Favorito nas pesquisas de intenção de voto, o presidenciável Bolsonaro suavizou o discurso nas últimas horas, talvez por ter percebido o quão longe foi sua pregação linha-dura. Mas seu glossário, não é de hoje, comporta expressões afeitas mais ao autoritarismo que ao diálogo; à intolerância, em vez da proteção às minorias (indígenas, negros, mulheres, LGBTQs); à violência, não à cultura de paz. O colunista Elio Gaspari escreveu, na última quarta-feira, no GLOBO e na “Folha de S.Paulo”: “Há casos em que o cidadão tem que traçar a linha que não atravessará”. No meu caso, a fronteira imaginária separa direitos humanos da barbárie; diversidade da supremacia; democracia do autoritarismo. Daqui não passo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247