Corrupção fica em segundo plano no Twitter de Bolsonaro

Jair Bolsonaro tratou pouco sobre a corrupção no Twitter. O tema aparece apenas no 18° lugar entre os assuntos mais falados por ele na rede social

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro tratou pouco sobre a corrupção no Twitter. O tema aparece apenas no 18° lugar entre os assuntos mais falados por ele na rede social. Ocupam os quatro primeiros lugares economia, relações internacionais, segurança e infraestrutura. O levantamento foi feito pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Se forem consideradas todas as postagens feitas pelos principais integrantes do governo – ministros e secretários – ativos na rede social, a corrupção aparece apenas no décimo sétimo lugar entre os assuntos mais comentados. 

O assunto foi lembrado nessa semana pelo ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, que é general. Ex-ministro da Secretaria de Governo, aele firmou nesta segunda-feira, 6, que o governo se afastou do combate à corrupção e que essa preocupação não ficou “tão caracterizada”, o que, segundo ele, gerou “desilusão para muita gente”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247