Crimes na web afetaram mais de 80% dos usuários em 2010

Levantamento anual da empresa Norton aponta que ameaas atingiram cerca de 77 mil internautas brasileiros diariamente

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Os crimes cibernéticos estão cada vez mais presentes, mesmo que a segurança na internet também passe por uma série de evoluções tecnológicas. De acordo com um levantamento mundial divulgado pela empresa de segurança Norton, nesta terça-feira, mais de 80% dos usuários adultos de internet no Brasil foram alvos de invasão de perfis em redes sociais, phishing (golpe que usa e-mails falsificados – com visual bem similar aos originais – ligados a sites fraudulentos e usados como isca para roubar dados pessoais), vírus e outros malwares (programas maliciosos que abrange vários tipos de ameaças) apenas em 2010. No total, foram aproximadamente 77 mil brasileiros sofrendo golpes pela internet por dia. No mundo, o número de vítimas da rede foi de 1 milhão por dia.

Com esse crimes, o mundo todo teve um prejuízo anual contabilizado em cerca de US$ 388 milhões. Já no Brasil, o dano chegou a US$ 60 milhões, aproximadamente R$ 104 milhões. “Quando vemos esses números temos ideia de como os crimes cibernéticos são um perigo sério. É um crime organizado, que lucra muito com os golpes, e que deve receber toda a atenção das autoridades para que seja combatido”, afirmou Adam Palmer, consultor líder em cibersegurança da Norton. De acordo com a empresa, vírus que contaminam computadores, os malwares, são o problema mais comum na internet brasileira: 68% dos computadores são atingidos por estas ameaças. A invasão a perfis em redes sociais ficaram com 19% e mensagens de phishing com 11%.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247