Damous: Facebook pode ser bloqueado no Brasil se não cumprir decisão do STF

Advogado e ex-deputado Wadih Damous alertou para as consequências do descumprimento, pelo Facebook, da decisão do ministro Alexandre de Moraes sobre o bloqueio de perfis de bolsonaristas no exterior

(Foto: Gustavo Bezerra)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado e ex-deputado Wadih Damous criticou o Facebook nesta sexta-feira, 31, por não cumprir a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de bloquear também no exterior perfis de bolsonaristas investigados por disseminar fake news. 

"O Facebook anuncia que não vai cumprir a ordem do Ministro Alexandre de Moraes, que mandou tirar do ar, na esfera internacional, perfis de delinquentes abrigados nessa rede social. A ordem tem de ser cumprida ou o Facebook se sujeita a ser bloqueado aqui no Brasil", alertou Damous pelo Twitter

No início da noite, após o Facebook anunciar que não iria tirar do ar internacionalmente perfis de militantes bolsonaristas investigados pelo "inquérito das fake news", Moraes aumentou de R$ 20 mil para R$ 100 mil a multa diária pelo descumprimento da ordem

Entre os perfis atingidos pela medida estão o do presidente do PTB, Roberto Jefferson; dos empresários Luciano Hang, Edgard Corona e Otávio Fakhoury; e do blogueiro Allan dos Santos; da extremista Sara Giromini, entre outros.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247