DCM: âncora Willian Correa afundou o Roda Viva sem se dar conta

"Involuntariamente, o jornalista Willian Correa, âncora do Jornal da Cultura, produziu um dos vídeos mais reveladores sobre o jornalismo brasileiro destes tempos", descreve o jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo; ele lembra de detalhes do vídeo pós entrevista com Temer como quando Correa pega Temer no braço pra mostrar que o presidente é "gente como a gente" - ignorando como Temer é um presidente impopular - ou quando Temer agradece pela "propaganda"

Brasília - DF, 11/11/2016. Presidente Michel Temer durante Gravação pa Rede TV - Roda Viva no Palácio da Alvorada. Foto: Beto Barata/PR
Brasília - DF, 11/11/2016. Presidente Michel Temer durante Gravação pa Rede TV - Roda Viva no Palácio da Alvorada. Foto: Beto Barata/PR (Foto: Gisele Federicce)

247 - Para o jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, "involuntariamente, o jornalista Willian Correa, âncora do Jornal da Cultura, produziu um dos vídeos mais reveladores sobre o jornalismo brasileiro destes tempos".

Após a entrevista com Michel Temer no programa Roda Viva, apenas com figurões da grande mídia que apoiou o impeachment, Correa descreveu o grupo de jornalistas entrevistadores como "grandes figuras", incluindo ele próprio, e depois pegou Temer pelo braço para mostrar que o presidente é "gente como a gente".

"A melhor maneira de Temer mostrar que é gente como é gente não é pelas mãos de Correa. É apresentando-se ao povo, em vez de fugir como tem feito até agora", comenta Paulo Nogueira. Em seguida, ele acrescenta: "O melhor estava por vir. Temer agradece por mais essa "propaganda". Pro-pa-gan-da. O Roda Viva foi chamado de propaganda".

Leia aqui a íntegra.

E assista ao vídeo:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247