DCM: E eis que nos transformamos na República da Chalana Champagne

Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, diz que depois da "República Velha, a Nova República etc etc. Agora temos a República da Chalana Champagne"; "O símbolo supremo do Brasil destes dias é o barco no qual Alexandre de Moraes, indicado por Temer para o STF, foi "sabatinado" por um grupo de senadores acima de qualquer suspeita", diz ele, destacando que "Moraes é uma personagem típica da República da Chalana Champagne", assim como Moro

Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, diz que depois da "República Velha, a Nova República etc etc. Agora temos a República da Chalana Champagne"; "O símbolo supremo do Brasil destes dias é o barco no qual Alexandre de Moraes, indicado por Temer para o STF, foi "sabatinado" por um grupo de senadores acima de qualquer suspeita", diz ele, destacando que "Moraes é uma personagem típica da República da Chalana Champagne", assim como Moro
Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, diz que depois da "República Velha, a Nova República etc etc. Agora temos a República da Chalana Champagne"; "O símbolo supremo do Brasil destes dias é o barco no qual Alexandre de Moraes, indicado por Temer para o STF, foi "sabatinado" por um grupo de senadores acima de qualquer suspeita", diz ele, destacando que "Moraes é uma personagem típica da República da Chalana Champagne", assim como Moro (Foto: Gisele Federicce)

247 - O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, diz que depois da "República Velha, a Nova República etc etc. Agora temos a República da Chalana Champagne".

"O símbolo supremo do Brasil destes dias é o barco no qual Alexandre de Moraes, indicado por Temer para o STF, foi 'sabatinado' por um grupo de senadores acima de qualquer suspeita", diz ele, destacando que "Moraes é uma personagem típica da República da Chalana Champagne", assim como Moro.

Nogueira lembra que o juiz da Lava Jato se comportou como um 'bajulador' de FHC ao tomar depoimento do ex-presidente tucano, quando mostrou inclusive ignorância sobre o tema do acervo presidencial. Sobre a mídia e seu "jornalismo de guerra", o editor do DCM afirma: "Os donos da RCC contam com o torpor da sociedade para se eternizar no poder. Estarão errados? Torço para que sim, mas, sinceramente, temo que não".

Leia aqui a íntegra.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247