DCM: juíza do Paraná que proibiu atos jogou gasolina na fogueira

O jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "a militância petista se ouriçou com o que está chamando de decreto de estado de sítio", depois da decisão da juíza Diele Denardin Zydek, que proibiu atos pró Lula em Curitiba no dia do depoimento do ex-presidente; ela, como Sérgio Moro, "fere o Código da Magistratura em alguns artigos"; para Nogueira, "com a anuência ou não de seu ídolo, a doutora Diele deu um tiro no pé fenomenal, acertando no rebote os cidadãos que diz querer proteger"

O jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "a militância petista se ouriçou com o que está chamando de decreto de estado de sítio", depois da decisão da juíza Diele Denardin Zydek, que proibiu atos pró Lula em Curitiba no dia do depoimento do ex-presidente; ela, como Sérgio Moro, "fere o Código da Magistratura em alguns artigos"; para Nogueira, "com a anuência ou não de seu ídolo, a doutora Diele deu um tiro no pé fenomenal, acertando no rebote os cidadãos que diz querer proteger"
O jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "a militância petista se ouriçou com o que está chamando de decreto de estado de sítio", depois da decisão da juíza Diele Denardin Zydek, que proibiu atos pró Lula em Curitiba no dia do depoimento do ex-presidente; ela, como Sérgio Moro, "fere o Código da Magistratura em alguns artigos"; para Nogueira, "com a anuência ou não de seu ídolo, a doutora Diele deu um tiro no pé fenomenal, acertando no rebote os cidadãos que diz querer proteger" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A decisão da juíza Diele Denardin Zydek, que proibiu atos pró Lula em Curitiba no dia do depoimento do ex-presidente, provocará "indignação e mobilização", prevê o jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo.

Como Sergio Moro, a magistrada "fere o Código da Magistratura em alguns artigos. A imparcialidade, por exemplo, passou longe dali", destaca Nogueira. Para ele, "Diele jogou gasolina na fogueira. A militância petista se ouriçou com o que está chamando de decreto de estado de sítio. As caravanas ganharam novas confirmações".

"Se já havia uma revolta com a perseguição empreendida por Moro, Diele está ampliando esse fato com uma tentativa tosca de cercar uma cidade como se dela e de seus iguais fosse", escreve ainda o colunista. "Com a anuência ou não de seu ídolo, a doutora Diele deu um tiro no pé fenomenal, acertando no rebote os cidadãos que diz querer proteger", diz.

Leia aqui a íntegra.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247