DCM: Moro agora passa a ser observado pelo mundo

O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "Lula agiu muito bem em bater nas portas da Comissão de Direitos Humanos da ONU" para denunciar os excessos de Sérgio Moro; "No centro do apelo de Lula está o que todos sabem, embora poucos falem: Moro é um juiz parcial, tendencioso, inconfiável. É um juiz da plutocracia, um homem que não faz cerimônia nenhuma em aparecer ao lado de homens como os irmãos Marinhos em celebrações. É evidente que ele vai condenar Lula, quaisquer que sejam as circunstâncias, se puder. Condenar e prender. Os fatos não contarão nada, assim como no julgamento de Dilma pelo Senado. Moro é um juiz da linha de Gilmar Mendes", critica

O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "Lula agiu muito bem em bater nas portas da Comissão de Direitos Humanos da ONU" para denunciar os excessos de Sérgio Moro; "No centro do apelo de Lula está o que todos sabem, embora poucos falem: Moro é um juiz parcial, tendencioso, inconfiável. É um juiz da plutocracia, um homem que não faz cerimônia nenhuma em aparecer ao lado de homens como os irmãos Marinhos em celebrações. É evidente que ele vai condenar Lula, quaisquer que sejam as circunstâncias, se puder. Condenar e prender. Os fatos não contarão nada, assim como no julgamento de Dilma pelo Senado. Moro é um juiz da linha de Gilmar Mendes", critica
O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "Lula agiu muito bem em bater nas portas da Comissão de Direitos Humanos da ONU" para denunciar os excessos de Sérgio Moro; "No centro do apelo de Lula está o que todos sabem, embora poucos falem: Moro é um juiz parcial, tendencioso, inconfiável. É um juiz da plutocracia, um homem que não faz cerimônia nenhuma em aparecer ao lado de homens como os irmãos Marinhos em celebrações. É evidente que ele vai condenar Lula, quaisquer que sejam as circunstâncias, se puder. Condenar e prender. Os fatos não contarão nada, assim como no julgamento de Dilma pelo Senado. Moro é um juiz da linha de Gilmar Mendes", critica (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, afirma que "Lula agiu muito bem em bater nas portas da Comissão de Direitos Humanos da ONU" para denunciar os excessos de Sérgio Moro.

"No centro do apelo de Lula está o que todos sabem, embora poucos falem: Moro é um juiz parcial, tendencioso, inconfiável. É um juiz da plutocracia, um homem que não faz cerimônia nenhuma em aparecer ao lado de homens como os irmãos Marinhos em celebrações. É evidente que ele vai condenar Lula, quaisquer que sejam as circunstâncias, se puder. Condenar e prender. Os fatos não contarão nada, assim como no julgamento de Dilma pelo Senado. Moro é um juiz da linha de Gilmar Mendes. Você consegue ver Gilmar julgando qualquer causa relativa ao PT que não seja com uma tonitruante condenação? É uma medida extrema a de Lula, mas tempos excepcionais demandam ações igualmente excepcionais. Fingir que Moro e a Lava Jato são neutros só serve à plutocracia e a ambos, Moro e Lava Jato", diz.

Leia texto na íntegra aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247