DCM: por que jornalistas pouparam Serra da pergunta mais importante?

Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, criticou o tratamento dado pelos veículos tradicionais da mídia ao ministro de Relações Exteriores, José Serra, em entrevista coletiva em que Serra dizia ser necessário respeitar o resultado das eleições. Nos Estados Unidos; "Mas e no Brasil, chanceler?", questiona Nogueira, ao estranhar a ausência da pergunta ao ministro; "É a chamada chapa branca levada a seus mais extremos limites. Algum dos jornalistas presentes se deu conta da pergunta que não foi feita? Ou estão todos já tão condicionados pelas redações em que trabalham que sequer repararam no crime antijornalismo que estava sendo cometido ali?", questiona

Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, criticou o tratamento dado pelos veículos tradicionais da mídia ao ministro de Relações Exteriores, José Serra, em entrevista coletiva em que Serra dizia ser necessário respeitar o resultado das eleições. Nos Estados Unidos; "Mas e no Brasil, chanceler?", questiona Nogueira, ao estranhar a ausência da pergunta ao ministro; "É a chamada chapa branca levada a seus mais extremos limites. Algum dos jornalistas presentes se deu conta da pergunta que não foi feita? Ou estão todos já tão condicionados pelas redações em que trabalham que sequer repararam no crime antijornalismo que estava sendo cometido ali?", questiona
Jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, criticou o tratamento dado pelos veículos tradicionais da mídia ao ministro de Relações Exteriores, José Serra, em entrevista coletiva em que Serra dizia ser necessário respeitar o resultado das eleições. Nos Estados Unidos; "Mas e no Brasil, chanceler?", questiona Nogueira, ao estranhar a ausência da pergunta ao ministro; "É a chamada chapa branca levada a seus mais extremos limites. Algum dos jornalistas presentes se deu conta da pergunta que não foi feita? Ou estão todos já tão condicionados pelas redações em que trabalham que sequer repararam no crime antijornalismo que estava sendo cometido ali?", questiona (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, criticou nesse sábado, 12, o tratamento dado pelos veículos tradicionais da mídia ao ministro de Relações Exteriores, José Serra. 

Em entrevista coletiva, Serra afirmou que deve-se respeitar o resultado das eleições nos Estados Unidos, que deram vitória a Donald Trump, classificado pelo próprio Serra, antes da eleição, como "pesadelo"

"A certa altura, Serra diz que numa democracia os resultados das urnas devem ser respeitados. Serra dizer isso é apenas parte do problema, ele que contribuiu para o golpe que obliterou 54 milhões de votos. Pior ainda é nenhum jornalista tê-lo interpelado. 'Mas e no Brasil, chanceler?'", conta. 

Segundo Nogueira, virou algo comum este tipo de silêncio "cúmplice e obsequioso". "É a chamada chapa branca levada a seus mais extremos limites. Algum dos jornalistas presentes se deu conta da pergunta que não foi feita? Ou estão todos já tão condicionados pelas redações em que trabalham que sequer repararam no crime antijornalismo que estava sendo cometido ali?", questiona. 

Leia na íntegra o artigo de Paulo Nogueira no DCM. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247