DCM: Renan enterra de vez o mito de Temer como político hábil, vendido pela mídia

"Um dos mitos sobre Michel Temer, cultivado ao longo do processo de impeachment, era o de que se tratava de um político hábil, afável, inteligente — o antípoda da titular. O rompimento com Renan Calheiros, cúmplice de décadas, veio enterrar de vez essa balela. Temer sempre foi um operador de bastidores, viabilizando e distribuindo o butim do PMDB", escreve o jornalista Kiko Nogueira

michel temer
renan calheiros 
michel temer renan calheiros  (Foto: Gisele Federicce)

247 - "Um dos mitos sobre Michel Temer, cultivado ao longo do processo de impeachment, era o de que se tratava de um político hábil, afável, inteligente — o antípoda da titular. O rompimento com Renan Calheiros, cúmplice de décadas, veio enterrar de vez essa balela. Temer sempre foi um operador de bastidores, viabilizando e distribuindo o butim do PMDB", escreve o jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo.

"Renan, que é qualquer coisa, menos bobo, está de olho nas eleições de 2018 em seu estado e não quer ficar ao lado de um presidente cuja popularidade despenca a cada pesquisa. Do que adianta um cargo para um apaniguado e outros favores se o homem é um tronco de enchente? Entre Temer e Lula, que cresce nas pesquisas, com quem ele gostaria de ser fotografado?", questiona o editor do DCM.

O jornalista lembra que Renan, "o porta voz da insatisfação", durante um jantar de senadores do PMDB na casa de Kátia Abreu (TO), pontuou que "estão nos propondo um suicídio" com as reformas. Leia aqui a íntegra.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247