DCM: sem apoio, perto de uma greve geral, Michel adere ao “Fora, Temer”

Jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, resgata relato de cenas de baixo astral no Palácio do Planalto, feito pelo também jornalista Luís Costa Pinto, e constata que "nem Michel aguenta mais Michel"; "Nas entrelinhas de suas declarações mais recentes, ele já jogou a toalha", diz Nogueira, lembrando que Temer não finge mais indignação, não faz teatro como no começo do golpe, com as mãozinhas, nem bate na mesa; "É um político derrotado, resignado e culpado"

Jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, resgata relato de cenas de baixo astral no Palácio do Planalto, feito pelo também jornalista Luís Costa Pinto, e constata que "nem Michel aguenta mais Michel"; "Nas entrelinhas de suas declarações mais recentes, ele já jogou a toalha", diz Nogueira, lembrando que Temer não finge mais indignação, não faz teatro como no começo do golpe, com as mãozinhas, nem bate na mesa; "É um político derrotado, resignado e culpado"
Jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, resgata relato de cenas de baixo astral no Palácio do Planalto, feito pelo também jornalista Luís Costa Pinto, e constata que "nem Michel aguenta mais Michel"; "Nas entrelinhas de suas declarações mais recentes, ele já jogou a toalha", diz Nogueira, lembrando que Temer não finge mais indignação, não faz teatro como no começo do golpe, com as mãozinhas, nem bate na mesa; "É um político derrotado, resignado e culpado" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para o jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, Michel aderiu ao "Fora, Temer", diante do cenário de baixo apoio às reformas no Congresso, diante de uma greve geral no País e depressivo. 

Nogueira resgata relato de cenas de baixo astral no Palácio do Planalto, feito pelo também jornalista Luís Costa Pinto, do site Poder 360, e constata que "nem Michel aguenta mais Michel".

"Nas entrelinhas de suas declarações mais recentes, ele já jogou a toalha", diz o jornalista, lembrando que Temer não finge mais indignação, não faz teatro como no começo do golpe, com as mãozinhas, nem bate na mesa.

"É um político derrotado, resignado e culpado", afirma. "Falhou miseravelmente e agora é um fantasma que vê fantasmas. Michel já aderiu ao 'Fora, Temer'. Só não renuncia porque é pequeno demais para isso", finaliza.

Leia aqui a íntegra.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247