Debate na Band: Cabo Daciolo, presente. PT, ausente. Zzzz….

"O circo está montado. Nesta quinta, 9, a Band, que já fez história na redemocratização, e realiza, tradicionalmente, o primeiro debate da televisão aberta em todas as eleições desde 1989, fará o primeiro de uma série de dez (!) encontros entre os postulantes ao Planalto", diz Ricardo Miranda, no site Os Divergentes; "A burrice maior é tentar, baseado em interpretações convenientes da lei eleitoral, tirar o PT do debate, líder nas pesquisas de intenção de votos. Não entendem que o filtro é das urnas, não deles"

Debate na Band: Cabo Daciolo, presente. PT, ausente. Zzzz….
Debate na Band: Cabo Daciolo, presente. PT, ausente. Zzzz….
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Ricardo Miranda, Os Divergentes - O circo está montado. Nesta quinta, 9, a Band, que já fez história na redemocratização, e realiza, tradicionalmente, o primeiro debate da televisão aberta em todas as eleições desde 1989, fará o primeiro de uma série de dez (!) encontros entre os postulantes ao Planalto – overdose desnecessária, falta de um acordo de cavalheiros decente entre os marqueteiros e seus representantes. Seria possível fazer dois ou três debates relevantes, em pool, e o eleitor agradeceria. Mas os debates se multiplicaram como se isso ampliasse o processo democrático. Bem ao contrário. Os candidatos à Presidência, que desperdiçarão um tempo enorme se preparando para o paredão de debates, no entanto, preferem a quantidade à qualidade – e o negócio é ocupar espaço, nem que seja na Jovem Pan, TV Gazeta ou na TV Aparecida. Mas a burrice maior é tentar, baseado em interpretações convenientes da lei eleitoral, tirar o PT do debate, líder nas pesquisas de intenção de votos. Não entendem que o filtro é das urnas, não deles.

O PT terá candidato – e se não for Lula, será Haddad. Manuela D´Ávila é a vice em qualquer circunstância. Ainda assim, inflando a bolha que sustenta a mídia, o primeiro debate ocorrerá no cabresto do TSE, e estaremos vendo o mediador Ricardo Boechat intermediar a “troca de ideias” entre gente como Cabo Daciolo (Patri) e Alvaro Dias (Pode), além de Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (Psol) e Marina Silva (Rede). Parabéns, Fernando Mitre, pelo que faz pela Band. Quem passar do primeiro bloco, ganha uma passagem para Miami, só de ida.

O PT considerou uma estratégia jurídica. Entrou com um mandado de segurança no Tribunal Regional Federal da 4ª Região para que o ex-presidente, preso desde o dia 7 de abril, participasse do primeiro debate entre presidenciáveis promovido pela TV aberta. Além da participação presencial no estúdio da TV Bandeirantes, em São Paulo, ou por videoconferência, o PT sugeriu a participação de Lula por “meio de vídeos previamente gravados” na cela em que está preso.

A equipe do ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão disse que a execução provisória da pena “não pode ter o condão de lhe cassar ou suspender os direitos políticos, ou mesmo a liberdade de expressão e de comunicação” do petista, que foi aclamado candidato do partido na convenção nacional, mas está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. A fábula ficará nos atos. O PT, por hora, está excluído do direito de debater seu programa para o país.

O fato é que isso não dará em nada. Fernando Haddad já tenta, ao menos, ter vaga nos estúdios como convidado.

Os petistas também organizam manifestações nas ruas de acesso à emissora. Há, por outro lado, a previsão de que Haddad e Manuela participem de um debate com internautas pelas redes sociais durante o debate da Band. Mas se a Band não terá um candidato petista, terá Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo, candidato à Presidência pelo Patriotas. Com o capitão Bolsonaro e o general Mourão, as eleições garantem seu feudo militar. Eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro nas Eleições 2014, reclama do “sucateamento das Forças Armadas”.

Quer um conselho? Ligue no Netflix.

Os próximos debates? O tempo dirá o que vai acontecer. Calendário de debates dos presidenciáveis no 1° turno:

09/08 – Band
17/08 – RedeTV
27/08 – Jovem Pan
09/09 – TV Gazeta/Estadão
18/09 – Poder360+Piauí+Youtube – streaming
19/09 – VEJA – streaming
20/09 – TV Aparecida
26/09 – SBT/UOL
30/09 – Record TV
04/10 – Rede Globo

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247