Denúncia: UOL zerou enquete para impedir Tuiuti de vencer

A Paraíso do Tuiuti aparecia ontem à noite com 94% dos votos na enquete do UOL para saber a opinião dos leitores sobre a melhor escola na primeira noite do desfile no Rio de Janeiro; se você entrar na enquete agora, vai ver que a votação caiu para 18,5% e está atrás da Mangueira, com 24%; na internet, muitas pessoas denunciam que o UOL zerou a enquete quando viu que a Tuiuti ganharia disparado

A Paraíso do Tuiuti aparecia ontem à noite com 94% dos votos na enquete do UOL para saber a opinião dos leitores sobre a melhor escola na primeira noite do desfile no Rio de Janeiro; se você entrar na enquete agora, vai ver que a votação caiu para 18,5% e está atrás da Mangueira, com 24%; na internet, muitas pessoas denunciam que o UOL zerou a enquete quando viu que a Tuiuti ganharia disparado
A Paraíso do Tuiuti aparecia ontem à noite com 94% dos votos na enquete do UOL para saber a opinião dos leitores sobre a melhor escola na primeira noite do desfile no Rio de Janeiro; se você entrar na enquete agora, vai ver que a votação caiu para 18,5% e está atrás da Mangueira, com 24%; na internet, muitas pessoas denunciam que o UOL zerou a enquete quando viu que a Tuiuti ganharia disparado (Foto: Charles Nisz)

247 - A Paraíso do Tuiuti aparecia ontem à noite com 94% dos votos na enquete realizada pelo UOL para saber a opinião dos leitores sobre a melhor escola na primeira noite do desfile no Rio de Janeiro. Se você entrar na enquete agora, vai ver que a votação caiu para 18,5% e está atrás da Mangueira, com 24%.

Na internet, muitas pessoas denunciam que o UOL zerou a enquete quando viu que a Tuiuti ganharia disparado. O movimento Brasil Popular colocou a boca no trombone ou, na linguagem do Carnaval, está batendo bumbo, através do Twitter:

Vergonha, mas num país que está governado por um golpe de Estado, nada surpreende, sobretudo vindo da grande mídia. Portal UOL zerou a votação que já dava 94% para a Tuiuti e recomeçou do zero para ver se dessa vez ganhava suas candidatas. São os chamados microgolpes.

(*Com informações do DCM)


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247