Deputados do PT e PMDB querem fim dos marqueteiros

A ideia de Ricardo Berzoini (PT-SP) e Marcelo Castro (PMDB-PI) é limitar a atuação desses profissionais, para reduzir o custo de campanhas: "A pessoa tem que se expor sem adereço, sem edição, sem recurso gráfico, sem imagens externas, senão vira o filme do Coppola cineasta norte-americano", disse o petista. "Vamos acabar com a farra dos marqueteiros, porque hoje isso virou um leilão"

Deputados do PT e PMDB querem fim dos marqueteiros
Deputados do PT e PMDB querem fim dos marqueteiros

247 – O grupo criado na Câmara dos Deputados para estruturar a reforma política defendeu ontem o fim dos marqueteiros nas campanhas, para reduzir os custos.

A ideia dos deputados Ricardo Berzoini (PT-SP) e Marcelo Castro (PMDB-PI) é limitar a atuação desses profissionais. "A pessoa tem que se expor sem adereço, sem edição, sem recurso gráfico, sem imagens externas, senão vira o filme do Coppola [cineasta norte-americano]", disse o petista.

O papel dos marqueteiros foi essencial para a eleição de Lula em 2002, com o publicitário Duda Mendonça, criador do "Lulinha paz e amor"; e em 2006, com João Santana, que também comandou o marketing da vitória da presidente Dilma Rousseff em 2010.

“Vamos acabar com a farra dos marqueteiros, porque hoje isso virou um leilão”, afirmou Berzoini.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247