Desconhecido, cabo Daciolo liderou buscas digitais durante debate

O presidenciável Cabo Daciolo (Patriota) protagonizou momentos pitorescos no debate da Band  - com menções a Deus entremeadas por teses mirabolantes - e acabou liderando as buscas digitais na sequência do programa; segundo os dados do Google Trends, o deputado fluminense foi o participante que mais cresceu nas buscas na interne; Guilherme Boulos (PSOL) foi outro nome que capitalizou bastante com sua participação no debate, já Marina (Rede) e Alckmin (PSDB) ficaram na lanterna no índice de pesquisa

Desconhecido, cabo Daciolo liderou buscas digitais durante debate
Desconhecido, cabo Daciolo liderou buscas digitais durante debate

247 - O presidenciável Cabo Daciolo (Patriota) protagonizou momentos pitorescos no debate da Band  - com menções a Deus entremeadas por teses mirabolantes - e acabou liderando as buscas digitais na sequência do programa. Segundo os dados do Google Trends, o deputado fluminense foi o participante que mais cresceu nas buscas na internet. Guilherme Boulos (PSOL) foi outro nome que capitalizou bastante com sua participação no debate, já Marina (Rede) e Alckmin (PSDB) ficaram na lanterna no índice de pesquisa.

"Antes da transmissão da Band ser iniciada, Jair Bolsonaro praticamente monopolizava as buscas no google, com 70% do total. Porém, ao final do debate, sua porcentagem caiu para 25%, quase empatado com Cabo Daciolo, que saiu de 1% para 22%. Ciro Gomes e Guilherme Boulos também foram nomes bastante procurados, e chegaram aos 14%. Por outro lado, Marina Silva e Geraldo Alckmin, candidatos dos mais antigos no pleito, dividiram a lanterna, com míseros 4%.

O termo relacionado a Daciolo mais procurado no Google foi "Ursal", que significa a "União das Repúblicas Socialistas da América Latina". O assunto surgiu no momento mais inusitado do debate, quando o deputado perguntou a Ciro Gomes sobre suas supostas ligações com o Foro de São Paulo e a Ursal. O pedetista não segurou o riso, e respondeu que Daciolo não lhe conhecia, pois ele nunca fez parte de nenhuma das organizaçoes citadas."

Leia mais aqui

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247