Dilma sobre Bolsonaro: despreparo e insensibilidade

A ex-presidenta Dilma Rousseff postou em seu Twitter forte crítica sobre o fim da multa do FGTS; ela diz que a multa existe para proteger o trabalhador, uma vez que dificulta sua demissão; Dilma ainda diz que a multa cria um acréscimo à renda futura deste trabahador além de viabilizar investimentos

247 - A ex-presidenta Dilma Rousseff postou em seu Twitter forte crítica sobre o fim da multa do FGTS. Ela diz que a multa existe para proteger o trabalhador, uma vez que dificulta sua demissão. Dilma ainda diz que a multa cria um acréscimo à renda futura deste trabahador além de viabilizar investimentos.

Leia os tuítes de Dilma em sequência: 

1 É por despreparo e insensibilidade social que Bolsonaro defende o fim da multa de 40% do FGTS. Esta multa beneficia o trabalhador ao dificultar sua demissão, cria um acréscimo à sua renda futura, ao aumentar seu FGTS, e viabiliza, enquanto não é sacada, investimentos do BNDES.

2 Que Bolsonaro despreza o povo está claro em sua negativa de encarar a terrível realidade da fome, que seu governo trouxe de volta. Acabar com a multa do FGTS ampliará o já elevado número de demissões, sobretudo para os que trabalham há mais tempo e, por isso, ganham mais.

3 A extinção da multa imposta ao empregador para demitir sem justa causa vai também retirar mais recursos do BNDES, que já vem sendo esvaziado e ameaçado de extinção pelo governo Bolsonaro, e diminuir ainda mais as perspectivas de retomada do crescimento.

E acesse o Twitter da ex-presidenta: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247