Eduardo Bolsonaro assumiu liderança do PSL para evitar vexame na embaixada, diz jornalista da Globo

Comentarista Gerson Camarotti disse que o deputado Eduardo Bolsonaro não possuía o número de votos suficientes no Senado para garantir a nomeação

Deputo Eduardo Bolsonaro
Deputo Eduardo Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Revista Fórum - O jornalista Gerson Camarotti, da Globo, escreveu em seu blog no G1 nesta quarta-feira (23) que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) assumiu a liderança do PSL na Câmara apenas como desculpa para evitar uma provável derrota como embaixador nos Estados Unidos.

Segundo Camarotti, Eduardo não possuía o número de votos suficientes no Senado para garantir a sua nomeação, e a escolha pela liderança do PSL seria apenas uma forma de amenizar o vexame. Um senador próximo ao governo chegou a comentar com o jornalista que “ninguém abre mão daquilo que não tem”, algo que Camarotti considerou um “consenso” entre parlamentares.

Leia a íntegra na Fórum.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247