Eduardo Guimarães: caso William Waack fez bem ao Brasil

O blogueiro Eduardo Guimarães escreve sobre o episódio de racismo do jornalista William Waack, da Globo; no Blog da Cidadania, ele escreve que a sociedade brasileira mandou recado aos racistas; "O Brasil, a sociedade brasileira em peso, mandou um recado aos racistas: calem-se, engulam vosso preconceito, portem-se com respeito diante da etnia esmagadoramente majoritária neste país, do contrário serão punidos por desejo de uma sociedade que não tolera as perversões dessa minoria de anões morais como William Waack", diz

Blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania
Blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O blogueiro Eduardo Guimarães escreve sobre o episódio de racismo do jornalista William Waack, da Globo. No Blog da Cidadania, ele escreve que a sociedade brasileira mandou recado aos racistas.

"O Brasil, a sociedade brasileira em peso, mandou um recado aos racistas: calem-se, engulam vosso preconceito, portem-se com respeito diante da etnia esmagadoramente majoritária neste país, do contrário serão punidos por desejo de uma sociedade que não tolera as perversões dessa minoria de anões morais como William Waack", diz.

"Sem o caso William Waack, o racismo dele e dos seus apoiadores nunca teria sido exposto, as pessoas que caíram no conto do impeachment e da “corrupção só do PT” jamais perceberiam quem são os que vocalizaram e insuflaram a campanha conservadora que violou a ordem democrática em 31 de agosto de 2016", afirma o blogueiro.

"Com a grande celeuma em torno de William Waack, milhões de racistas pelo país afora sentiram-se intimidados ao verem o que ser acusado de racismo pode fazer com a imagem de uma pessoa em um país essencialmente mestiço como é o Brasil. Tive essa experiência conversando com alguns racistas notórios que conheço", diz Eduardo.

Leia o artigo completo

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247